Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Ontem...

Ontem senti-me cheio:

 

Cheio de sol, cheio de mar. Ontem senti-me cheio de sol pelas estrelas que me acompanharam; ontem senti-me mar, pelo vazio que deixou quem já foi.

Ontem senti-me tanto...

Mas não foi esquecida a pessoa que carrego nos genes, nem fui esquecido por quem carrega os meus.

Lembrei-me do dia em que nasceram os meus rebentos e a mistura de sentimentos que se sente nessa incomparável altura: a do nascimento de um filho.

Lembrei-me que o mesmo sentimento teria tido o meu pai quando me viu pela primeira vez.

Ontem recebi mimos e senti-me cheio de tanto...  Ontem não os pude dar também a quem queria e senti-me cheio de nada...

Para si, meu pai... a certeza que não foi esquecido e um beijo a pairar nesse espaço cósmico onde habita.

Para vós, minhas filhas... a certeza que tem aumentado o amor que vos tenho e um beijo a pairar neste espaço que enfeitam de flores ao caminhar.

A si, meu pai e a vós, minhas filhas, um muito obrigado por me encherem de tanto!

publicado por ferrus às 13:28
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.posts recentes

. Renascer

. Um ser sereno

. Eu...

. Cortem-me...

. Dia do Motociclista

. Tu aí!

. O casulo da Vida

. Um beijo, meu pai

. Vou...

. Amigo Zé Freire

.arquivos

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds