Quinta-feira, 22 de Março de 2007

Os corvos

 

Dançam corvos
Nas emendas do universo,
Profanam-se ideais profundos
E pensamentos capazes,
Soltam-se, audazes,
Guerreiros imundos
De conceito adverso,
De impios povos.
 
Gargalham bruxas de dia
E demais patrícios,
Encetando negros sacrifícios
De obscura e poderosa magia.
 
Rompem a madrugada
E mancham de fétido fel o luar.
Personificam a alma penada!…
 
Do vil fogo fazem o seu logótipo.
 
Se rogo?
Apenas aguardo!...
publicado por ferrus às 14:00
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De paula39 a 22 de Março de 2007 às 23:57
Ha algum tempo que nao vinha espreitar o que por aqui era escrito.
E surpresa das surpresas, cada palavra, cada frase contendo um mistéro que nos leva a querer ler mais e mais. Claro nao esperava outra coisa ser sempre surpreendida.
Beijocas
De Isabel-F a 23 de Março de 2007 às 09:40
Olá.
Já tinha saudades de te ler. Bem forte este poema. Gostei.
Bom fim de semana
bjs
De Bruna Pereira a 23 de Março de 2007 às 17:37
Nem todos os corvos são feios, afinal....

:)
De nadir a 23 de Março de 2007 às 20:45
corvos e bruxas a combinação perfeita...
beijos e bom fim de semana
De catarina a 30 de Março de 2007 às 10:42
Ola,

Um misterioso poema onde realidade e fantasia se misturam. Onde começa a realidade e acaba a fantasia? So o poeta pode saber!

Um abraço;
De João JR a 31 de Março de 2007 às 11:46
MUito lindo este poema..adorei!!!
Bjs e bom fim de semana
De nadir a 1 de Abril de 2007 às 23:30
....oooO
....(....)... Oooo
.....)../. ...(....)
....(_/.......)../
..............(_/
....oooO
....(....)... Oooo
.....)../. ...(....)
....(_/.......)../
..............(_/
...... Passei por aqui
......... E desejo
......... Uma boa Semana
BEIJOS
De maresia-mar a 3 de Abril de 2007 às 13:50
Ola
há que tempos que aqui não vinha, tenho andado de facto afastada dos blogues por falta de tempo, mas já tinha saudades!
Bjhs e boa Páscoa
De nadir a 6 de Abril de 2007 às 23:20
_♥♥_♥♥
_♥♥___♥♥
_♥♥___♥♥_________♥♥♥♥
_♥♥___♥♥_______♥♥___♥♥♥♥
_♥♥__♥♥_______♥___♥♥___♥♥
__♥♥__♥______♥__♥♥__♥♥♥__♥♥
___♥♥__♥____♥__♥♥_____♥♥__♥_____
____♥♥_♥♥__♥♥_♥♥________♥♥
____♥♥___♥♥__♥♥
___♥___________♥
__♥_____________♥
_♥____♥_____♥____♥
_♥____/___@__\\___♥
_♥____\\__/♥\\__/___♥
___♥_____W_____♥
_____♥♥_____♥♥
_______♥♥♥♥♥
Uma Páscoa Muito Feliz
Beijos
De era uma vez um girassol a 7 de Abril de 2007 às 16:55
Uma Páscoa Feliz!
Um poema forte, com uma actualidade e significado gritantes...
Beijinhos e continua a poemar, meu amigo Ferrus!

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Renascer

. Um ser sereno

. Eu...

. Cortem-me...

. Dia do Motociclista

. Tu aí!

. O casulo da Vida

. Um beijo, meu pai

. Vou...

. Amigo Zé Freire

.arquivos

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds