Terça-feira, 5 de Junho de 2007

Menino pobre

 

 

 

 

 

Deixa-me dizer-te, menino pobre,

Que a minha revolta é brutal!

Não porque só comas o que sobre,

Mas porque te forçam a tanto mal…

 

E se me revolto, indigno e grito

De raiva e dilacerante horror,

É porque te sinto sofredor, aflito,

Perdido, sem sorte, sem amor…

 

Deixa-me dizer-te, menino esfomeado,

Que me salta o sangue das artérias

Por te saber assim: só, abandonado…

No inferno onde vives (?) tais misérias…

 

E como eu odeio o mundo onde habito

Pelo que de tanto mal te força a ter!...

Por te obrigarem a estar, menino bendito,

Aí, onde a morte é mais digna que o viver!

publicado por ferrus às 02:04
link do post | comentar | favorito
|
13 comentários:
De Bruna Pereira a 6 de Junho de 2007 às 13:11
Não comento os textos dos outros, lá porque comentam os meus. Comento quando gosto e quando consigo deixar o comentário... Mas desta vez calhou - às vezes preciso dum empurrãozinho para ter tempo de ver o que se escreve nos demais blogs. :P

Sobre este texto...
Como odeio as pessoas sensíveis que mandam no mundo das crianças. As que se emocionam com a subida do preço do petróleo e com o aquecimento global. Odeio-as. Também.

Não sei dizer mais. Nem melhor...

:)
De leonoreta a 10 de Junho de 2007 às 17:41
ola zé.
que dizer? ler. engolir e calar a minha impot~encia de não conseguir mudar o mundo.

abraço da leonoreta
De Rute a 10 de Junho de 2007 às 20:18
Voltei, com outro nome, mas voltei :)
Estava a morrer de saudades disto :)*
De Andreia a 11 de Junho de 2007 às 10:02
Já há mt tempo q n passava por aki, vi o link do teu blog noutro blog e resolvi vir até aki dar uma espreitadela... Adorei o texto (poema), e ainda ontem vi um filme q mencionava algo sobre isto... é sempre algo q me emociona e n consigo ficar indiferente. Beijos mil , mori ;)
De nadir a 16 de Junho de 2007 às 19:09
O meu grito de revolta junta-se ao teu...
beijinhos
De leonoreta a 17 de Junho de 2007 às 17:57
ola ze. queres dar continuidade á corrente>? passa la pelo sitio
abraço da leonoreta
De APC Camuflada a 23 de Junho de 2007 às 02:59
Tenho essa foto pregada no meu quadro de lembranças, feito de cortiça... Já amarelado.
Não conseguimos mudar nada para melhor olhando; mas certamente que mudamos para pior se deixamos de o ver. Por tudo isso e para além disto, vim cá deixar-te um abraço! :-)))
De Isabel Filipe a 29 de Junho de 2007 às 10:55
fantástico o teu poema ... fiquei com "pele de galinha" e com vontade de ilustrá-lo ....posso???

bjs e bfds
De Tatiane Ramalho a 2 de Julho de 2007 às 17:12
Bom dia, amigo

Um dia desses eu estava recolhendo imagens no google para um trabalho de história da arte e uma das imagens saiu direto do seu antigo blog, já que estava por lá aproveitei para ler os textos e gostei muito, são ótimos.

Linkei este na minha lista de blogs para ler de vez em quando.

Tatiane Moraes
De Christiani Rodrigues a 2 de Julho de 2007 às 23:21
E eles existem aos milhões.
bjo
Chris
De Isabel Filipe a 6 de Julho de 2007 às 10:43
bom fim de semana para ti

bjs

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Renascer

. Um ser sereno

. Eu...

. Cortem-me...

. Dia do Motociclista

. Tu aí!

. O casulo da Vida

. Um beijo, meu pai

. Vou...

. Amigo Zé Freire

.arquivos

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds