Sábado, 16 de Fevereiro de 2008

Até um dia, Costa

 

 

 

O meu amigo e colega de trabalho, de nome Fernando Costa, faleceu.

É engraçado como nunca deixamos de nos alhear da morte, por mais que queiramos; afinal ela vive permanentemente ao nosso lado. É uma faca afiada que nos corta os sorrisos e as alegrias; é uma ponte derrubada que nos impede de continuar as vivências adquiridas; é uma nuvem negra que suja o céu e não nos deixa saborear a alegria de ver os raios de sol em forma de amigos, parentes...

-O Costa morreu, João! - assim me comunicou o Jorge de Matos, também amigo e colega de trabalho.

Somos tão frágeis, tão nada...

É certo que ele estava a sofrer e para o Costa a morte foi uma benesse, mas...

- Deixa, companheiro... Um dia voltaremos a rir das nossas tolices, das brincadeiras que nos deixavam com o aroma a alegria na alma.

Vou sentir falta da tua integridade, da tua nobreza de ideais e da forma sempre coerente com que os defendeste.

Vou sentir falta do teu sentido de humor;

Vou sentir falta da tua companhia...

 

 

Dorme em paz, Costa; afinal também eu caminho numa estrada em tua direcção e um dia voltaremos a sorrir juntos!

publicado por ferrus às 18:07
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De Isabel Filipe a 19 de Fevereiro de 2008 às 18:19
bem lindo o teu poema homenagem.
fica um beijinho solidário
De gegecas a 20 de Fevereiro de 2008 às 01:17
pois é amigo Ferrus .....assim é a vida........nascemos e morremos, mas é bom saber que alguém nos chora, é sinal que a nossa passagem deixou marcas. também eu gostaria de saber que as minhas "marcas" ficaram na minha hora de partida, e se alguém em minha memória escrevesse como tu escreveste ao teu amigo acho que partiria sorrindo.
De Helder (piolho) a 1 de Março de 2008 às 00:40
Que a sua alma descanse para sempre em paz...
Mesmo nos momentos de dor, consigo encontrar um conforto inigualável na tua escrita.
Um abraço fraterno companheiro
De Papoila a 3 de Março de 2008 às 12:49
Tanta verdade na sentida homenagem que dedicaste ao teu amigo....
Mesmo a morte caminhando lada a lado conosco é muito dificil de aceitar.

Beijos
BF
De Isabel Filipe a 19 de Março de 2008 às 12:01
Feliz dia do Pai para ti


beijinhos

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

.Julho 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Renascer

. Um ser sereno

. Eu...

. Cortem-me...

. Dia do Motociclista

. Tu aí!

. O casulo da Vida

. Um beijo, meu pai

. Vou...

. Amigo Zé Freire

.arquivos

. Julho 2011

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds